SOBRE OS COWBOYS
 Era muito mais tranqüila do que mostram os filmes sobre a época. Entre 1850 e 1890, essa região dos Estados Unidos era cheia de pequenas cidades, em geral pacíficos centros de comércio com lojas para abastecer rancheiros e agricultores. Os saloons, os bares da época, ofereciam bebidas, jogo (dados ou pôquer), mulheres e divertimento. Uma cidade podia ter vários bares, competindo pela freguesia com ofertas de charutos e refeições grátis. Boa parte dos famosos duelos vistos nos filmes ocorria exatamente nos saloons do Velho Oeste, mas eram muito mais raros do que a gente (e Hollywood!) imagina. Para se ter uma idéia, o ano recordista em duelos foi 1878, quando só no Texas e no Kansas aconteceram 36 confrontos, causando cerca de 50 mortes. Para comparar, apenas no segundo trimestre de 2004 foram assassinadas mais de 2 300 pessoas no estado de São Paulo! "Havia cidades com atividades ligadas a gado e ferrovias que já tinham uma história de violência e atraíam jogadores, vaqueiros, prostitutas, trapaceiros e aventureiros em geral, numa mistura volátil. Mas eram exceção. Apesar disso, chamaram a atenção da mídia e foram glamourizadas", diz o historiador americano Rick Miller, autor de quatro livros sobre o assunto. Outra idéia hollywoodiana equivocada é a de pistoleiros se enfrentando em hora e local marcados. Os raros duelos que ocorriam eram no calor de uma discussão e envolviam rivais muito próximos uns dos outros. "O uso de facas era tão comum quanto o de revólveres. E, quando dois pistoleiros se enfrentavam, não importava tanto qual era o mais rápido e sim quem tinha melhor pontaria", afirma Miller.

Sua vida e os tempos do Hoo Doo Guerra de Tombstone, Segunda Edição
Por David Johnson
Prefácio de Chuck Parsons
Poucos nomes na sabedoria de homens armados ocidentais são tão reconhecível. Poucas vidas dos mais notórios são tão pouco conhecidos. Romantizada e fez lendário, John Ringo lutou e matou por aquilo que ele acreditava estar certo. Como um adolescente, Ringo foi levado às pressas para a vida adulta repentina quando seu pai foi morto tragicamente no meio da família terrestre caminhada para a Califórnia. Quando jovem, ele se envolveu na turbulência vingança de sangue de pós-Reconstrução Texas. O Condado de Mason "Hoo Doo" Guerra no Texas começou como uma guerra sobre os direitos de gama, mas rapidamente se deteriorou em vingança de sangue e fora de controle como o contagem de corpos rosa. Nesta casa mortuária Ringo ganhou uma reputação como um pistoleiro perigoso assassino e homem. Ele foi proclamado em todo o estado como um líder ousado, um homem desesperado, e um campeão da disputa. Após prisão por seu papel na disputa, Ringo foi eleito como um homem da lei no Condado de Mason, o epicentro da origem da disputa do. A fama que ganhou no Texas, ainda mais infladas por sua vontade de atirar para fora com raiders Victorio durante um confronto mortal em Novo México, antes dele para Tombstone, no Arizona territorial. Ringo tornou-se imerso na política partidária da área e violência faccionários. Um campeão dos fazendeiros em grande parte democratas, Ringo se tornaria conhecido como um líder de um desses elementos, o Cowboys. Ele correu em sangrentas, trágicas chances com os irmãos Earp e Doc Holliday, finalmente, fazer parte do bando que perseguiu esses fugitivos do Arizona. No final, Ringo morreu misteriosamente no deserto do Arizona, a sua morte bem recebida por alguns, luto por outros, erroneamente afirmado por alguns. Inicialmente publicado em 1996, John Ringo foi atualizado para uma segunda edição com novas informações muito pesquisado e descoberto por David Johnson e outros pesquisadores Ringo.
David Johnson recebeu graus da Pennsylvania State University e da Universidade de Purdue. Ele é o autor de O Mason County " Hoo Doo "War, 1874 - 1,902 mil , publicado pela University of North Texas Press. Sua edição de 1996 de John Ringo foi um dos finalistas para melhor biografia do ano pelos escritores ocidentais da América. Johnson também editou duas edições de A Vida de Thomas W. Gamel , com uma terceira revisão actualmente em curso.
O que os leitores estão dizendo:
"O historiador Dave Johnson deixa de lado as lendas e mitos para apresentar aqui a biografia mais completa de Ringo até à data, a partir de sua participação no Condado de Mason 'Hoo Doo' War of Texas à violência e rixas com os Earps em Tombstone, 'A Cidade Too Tough to Die '. "- Chuck Parsons, autor de John B. Armstrong, Texas Ranger e Ranch Pioneer
"Um pesquisador obstinado e historiador rigoroso, David Johnson certeza, sozinho, traz à tona novas verdades e coloca para descansar falsidades antigas sobre a vida deste homem armado mal e da morte." - Scott Zesch, autor de A Capturado vencedor, do Texas TCU B
"David Johnson tem unsnarled a história confusa de John Ringo, que, infelizmente, por muito tempo tem sido vítima do mito e da distorção, quase desde o momento da morte de Ringo. Johnson atenção aos detalhes e documentação precisa, finalmente, dá-nos a história real e verdadeiro homem. "- Rick Miller, autor de Sam Bass & Gang

A palavra "COW BOY", Traduzindo ao ao pé da letra : COW significa VACA e Boy significa : MENINO.
A palavra "COWBOY" foi a tradução do espanhol para o inglês de Vaqueiro que em português significa: Vaqueiro.
Porém a palavra : BOY já tinha um significado do inglês arcáico de : Criado / empregado / funcionério sem ligação alguma com a idade da pessoa.
Isto é: um homem com 10 anos ou com 60 anos era chamado de BOY.
Até 1850, no sul dos Estados Unidos homens que faziam o serviço do campo era tambem conhecidos como:
  • COW HEARD = ao pé da letra : chefe de manada de Vacas.
  • COW MAN = ao pé da letra: HOMEM QUE CUIDA DAS VACAS, ou ainda = VAQUEIRO
  • COW HAND=ao pé da letra: : MAO DE OBRA PARA CUIDAR DE VACAS,ou ainda = PEÃO
  • COW POKE= ao pé da letra:: ESPETADOR DE GADO, ou ainda: PASTOR DE GADO
  • COW PUNCHER= ao pé da letra : TOCADOR/EMPURRADOR DE GADO
Charles Goodnigt
Porem apartir de 1850 , um grande rancheiro ou cattleman (homem do gado ou homem que tem negocios com gado) CHARLES GOODNIGHT ajudou o nome COWBOY ser difundido por toda America do Norte.
Charles Goodnigt ,nascido em 5 de março de 1836 e falecido em 12 de dezembro de 1929, tornou-se um Texas Ranger (especie de xerife do Texas) que lidava com a vida do gado.
Nesta época (como hoje em dia ) era muito haver muitos conflitos sobre a questão de terras, índios, bandidos,etc...afinal o gado tinha que andar milhas até o local do abate.
Consequentemente andar armado com Colt (a marca mais famosa de revólver neste período) e/ou Winchester (a marca mais famosa de rifle neste período) era tão basico como usar uma calça.
Alias nesta epoca a frase mais comum entre estes homens era: Um homem desarmado é um homem nú.
As armas de fogo servia alem da defesa pessoal, é logico, servia tambem para corrigir o rumo da manada do gado em movimento.
Isto é: este profissional que estava na sela de um cavalo muitas vezes atirava proximo ao boi a fim de mudar a trajetoria da manada.
Para Charles Goodnight esse profissional com estas caracteristicas precisa de um "apelido".
"Cowboy" foi o que ele achou mais interessante para diferenciar de um homem comum daquele que sabia da lidar com o gado e sacar/manusear uma arma.
Como Charles Goodnight era um formador de opiniao, as pessoas que trabalhavam com e para ele ficaram conhecidos entao como: Cowboys.
A principal tarefa dos cowboys era atravessar longos caminhos levando o gado de uma cidade para outra, para serem vendidos. Era comum que os cowboys tivessem entre seus pertences principais, revólveres, cordas, selas e que se vestissem com roupas de brim, resistentes a quedas e outros acidentes. Era comum que usassem sobre a perna de suas calças algumas coberturas de couro (conhecidas como chaparreiras) que tinham como objetivo aumentar a proteção e evitar que suas calças se rasgassem com as plantas arbustivas.
Os cowboys eram pessoas simples, de poucas posses materiais, trabalhadores de um ramo perigoso, com pouco ou nenhum estudo, rudes e viris.
Seu local comum de divertimento publico era em rodeios onde ele poderia mostrar a todos o quanto habilidoso ele era.
Estes verdadeiros Cowboys existiam de fato até as decadas de 20 e 30 do século 20.
Depois disto o cinema começou a criar varias derivaçoes para este profissional do gado, de bandido a herói.
Consequentemente as lendas surgiram, misturando a ficçao e realidade na imaginaçao das pessoas.
O chamado cinema Western, também popularizado sob os termos "Filmes de cowboys" ou "Filmes de Faroeste", compõe um género clássico do cinema americano, ainda que outros países tenham produzido westerns, como aconteceu em Italia, com os seus Western Spaghetti, mais conhecido como Bang bang a italiana.
Curiosidade:
.origem_da_palavra_cowboy_00024.jpg










Observe esta foto tirada destes 18 Cowboys provavelmente entre 1890 e 1900
Mesmo nas horas de folga, esta banda de musica de Dodge city, (cidade localizada no estado do Kansas,USA),não tirava seus revolver da cintura.
Isto leva a crer que:
1 - Entre uma musica e outra havia um tiroteio básico; talvez pra "animar" um pouco mais a festa.
Por conseqüência os telhados por onde esta banda passava, precisavam de um bom reparo antes de uma boa chuva.
2 - Era um aviso bem "amigável”, que não adiantava ninguém reclamar se musica estava agradando ou não.
Por conseqüência eles continuariam a tocar as musicas ao modo deles e não ao gosto de quem estava no baile.
3 - A diferença entre um bom baile e um bom tiroteio era a quantidade de corpos dançando ou estendidos no chão.
Por conseqüência somente no dia seguinte seria possível saber quem realmente faturou muito bem com com a festa:
O dono do local do baile ou o agente funerário.
De qualquer sorte o que vale mesmo é:
Por onde a Cow-boy Band passava era com certeza umdivertimento garantido, de uma forma ou de outra.
Veja abaixo como o mundo fala Cowboy:

INTRO

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Sweet Tomatoes Printable Coupons